Sobre aeroportos e viagens:

Me entrego pra tudo que sinto, pro que recebo das minhas supostas decisões. Me acalmo observando as árvores que, sensíveis, são firmes. Eu, também sensível, mas diferente delas, caminho muito, por vários mundos. Alguns aeroportos tão cheios de crueldade. Frascos de perfume que enganam. Nesses mundos sem árvores me acalmo olhando pro coração invisível das pessoas que acham que são máquinas. Na verdade tenho muito amor pra dar e também pra receber e no fundo é só isso que quero. Não vende em nenhum freeshop, mas é de graça."

Posts recentes

Ver tudo

Confiança ao estar Mulher e Mãe

Estar mãe e mulher (acaba de voltar minha menstruação, menos de 4 meses após o parto) nesta época do sonho da humanidade é para a alma uma oportunidade de reconexão com a Confiança, tão perdida em nós