Placenta: corpo do Anjo da Guarda

Compartilho uma informação de cura muito linda que recebi, ao ler o livro PLACENTA, THE FORGOTTEN CHAKRA, da maravilhosa parteira Robin Lim (livro altamente recomendável, disponível também em espanhol): o corte imediato do cordão umbilical após o parto é uma violência contra o ser humano, e uma das causas das doenças sociais, do excesso de medo e da insegurança... O parto é um portal que deve estar repleto de amor e de reconhecimento da sabedoria natural. A placenta é um órgão de altíssima tecnologia, o corpo físico do anjo da guarda, que deve ser honrado... Quanto mais se espera pra cortar ou queimar o cordão, melhor. Tem gente que não corta e espera o cordão se desprender naturalmente e os bebês agradecem muito. A placenta não deve ser tratada como lixo hospitalar, mas enterrada ao pé de uma árvore, por exemplo. (cordão umbilical::kundalini - placenta::amor universal). Quem quiser saber mais, recomendo uma boa pesquisa sobre PARTO LOTUS / LOTUS BIRTH. Pra nós que nascemos de partos com pouca ou nenhuma honra à placenta, ou pra quem deu a luz sem ter essa informação que era clara em todas as culturas sábias, sempre está disponível a cura. Venho percebido nos atendimentos que faço com o Oráculo do Coração quanto o parto é um grande trauma inconsciente pra maioria das pessoas. Gratidão a todas as mães, que sempre fazem o melhor que podem. Que todos os partos sejam amorosos, pra que possamos viver em sociedades de harmonia