Depressão e cura

"O mais importante para ser terapeuta não é a técnica ou o diploma. É a empatia, a compaixão, o ir até o nível da pessoa que você está atendendo, levando amor, paciência, presença. Estudar ajuda, mas sem empatia não há cura. Importante nunca impor nenhuma crença, modelo, auto-ajuda barata, comparação. "Você é Deus", "todos somos um", "você deveria conseguir sozinho", "eu já passei por isso", "você está sendo fraco ou sugando energia", "você não está aberto para a verdade", "você está sendo tóxico", "é possível ser feliz em qualquer lugar", "escolha ser feliz", "deixa de mimimi", etc... Podem ser verdades sim, mas aí a verdade é usada como arma pelo ego do ""terapeuta"" que acha que está iluminado, só porque está em um bom período da vida. Abusos terapêuticos são muito duros, pois às vezes a pessoa que busca ajuda está conseguindo enfim se abrir e confiar... Só com muita ajuda espiritual é possível superar um abuso terapêutico... Com essa onda de tanta gente virando "curador" num mundo onde tanta gente está deprimida... É muito muito importante a empatia. E a consciência da responsabilidade. A Amma, linda mestra que acompanho, abraça milhares de pessoas todos os dias, e chega até a chorar junto com as pessoas que ela abraça, escuta problemas, dá espaço, olha as feridas... E ela sabe que quase todos os problemas são no fundo ilusórios. Mesmo assim os recebe. Até que a história da depressão simplesmente se dissolve num amor maior. E vem a cura. Acontece o mesmo na meditação. A presença não diz nada. Mas cura. Essa é minha maior inspiração para atender meus clientes: a presença silenciosa e profundamente compassiva da Mãe Divina.


  • Facebook - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube

bhadrahealing@gmail.com

whatsapp: +491771451803