É importante ter razão?

Meu ego adoooraaaa ter razão. E, tirando uma onda, vou falar que muitas vezes ele tem, pois Deus me deu uma mente bem inteligente. Kkk. Tá bom, vou sair dessa de tirar onda e continuar o texto. Mas o que eu gosto mesmo, que me faz dançar e pular e cantar -e prazeirosamente silenciar- é SER VERDADEIRAMENTE GENTIL. E ter compaixão. A compaixão não vê máscaras, erros, defeitos, vampirismos, falsidades, fantasias, toxinas, etc. A compaixão vê a dor do outro. E sente muito. E quer ver esse outro feliz. E ama mesmo aqueles a quem a razão julga como equivocados. Ama quem pensa diferente de mim. Acho que essa é uma das grandes lições evolutivas da minha vida. De verdade. Por isso acho que passo por várias dores. E por isso sinto que a vida me coloca diante de situações que parecem absurdamente injustas. Para desenvolver auto-compaixão e assim compaixão pelos demais. E quando Ela chega (a compaixão é a Mãe do Universo), a dor (pelo menos a dor mental) passa, pois cumpriu sua missão de me levar pra Compaixão. Estou aprendendo a honrar a dor, o sofrimento, o erro. Pois muitas vezes evolui mais quem sofre uma injustiça do que quem explora o outro. Por traz da dor, quando se busca uma conexão espiritual, há uma benção de desapego. Perceber a perfeição indestrutível da existência. Mesmo com tantas barbaridades por aí. O criador e a criação não estão separados. E ambos são perfeitos. A Mãe Divina está ficando furiosa com a humanidade. E acho que vai piorar. Mas Ela sempre cuidará, nesse ou no outro plano, de quem se render a seus pés. Se render aos pés Dela é ter compaixão. E ser gentil em um mundo onde tem tanta gente fazendo questão de estar certa, vendendo verdades. Abrir mão de ter razão é puro prazer. E isso só acontece comigo quando a vida me espreme e me mostra que todo mundo é tão especial quanto eu. E que todas as experiências são válidas. E que mesmo assim posso fazer o que é verdade pro meu coração. Sem julgar, mas sem me vender. Abrir mão de ter razão sem abrir mão da inteligência. Mesmo. Jaya Kali Ma